Não é dieta, é estilo de vida!

Beatriz Frias

Você já se deparou alguma vez com esta afirmação? Cada vez mais os adeptos ao estilo de vida ‘saudável’ vêm crescendo. Eu mesma me incluo como parte desta geração saúde.

Porém, será mesmo que se basear única e exclusivamente à alimentação regrada e treinos é sinônimo de estilo de vida?

E quem disse que há um padrão, no qual todos os indivíduos deveriam cumprir exatamente as mesmas regras?

Dentro do dito ‘estilo de vida saudável’ podem coexistir milhares de diferenciações. Até mesmo por isso, muitas vezes, prefiro não mencionar o ‘saudável’, de maneira que o estilo de vida possa ser criado a partir da individualidade de cada um. Formando, assim, seu próprio estilo de vida, independentemente da moda do momento.

Você pode adicionar outros componentes que possam agregar e fazer parte da sua vida, como, por exemplo: música, livros, teatro, cinema, viagens… Qual foi a última vez que você fez algo diferente?

Você costuma incluir a música no seu dia a dia? Quais gêneros prefere? Já aprendeu ou toca algum instrumento?

De alguma forma, a música também esteve presente em minha educação e fez parte da minha vida. Como filha de violinista clássica profissional, tive uma base musical e estudei alguns bons anos de piano. Atualmente não ando praticando, mas a música se faz presente diariamente, renovando minhas energias e alimentado meu estado de espírito. Seja ela rock, pop, jazz, bossa nova e por aí vai…

Também procuro, sempre que posso, ler. Ler notícias, revistas direcionadas aos meus assuntos de interesse, como esporte, ciclismo, nutrição, saúde, livros sobre administração, empreendedorismo, psicanálise.

O que você busca além de possuir uma barriga chapada como da ‘fulana’ ou ‘cicrana’? Se isto te completa, nada contra. Acho que se cuidar é extremamente importante e sou totalmente a favor! São pontos positivos para a saúde, prevenção para doenças, melhora da autoestima, te deixam mais motivado(a)… Mas e por dentro disso tudo? A que causa você se apega?

Procuro instigar a nos questionarmos um pouco mais sobre este mundo de aparências em que vivemos. O estilo de vida pode ser, além do corpo, formado também pela mente, espírito e suas interações. (Aqui vale também mencionar o esporte, além de ser atividade física, permite conhecer e interagir com outras pessoas.)

E por que então parece tão difícil? Simplesmente porque todos nós buscamos um ‘ideal’ para seguir, como se fosse a fórmula perfeita, solução para todos os problemas.

Ao invés de buscarmos nossa diferença no mundo, muitas vezes, acabamos procurando sermos iguais, como um quebra-cabeças que precisa se ‘encaixar’ no jogo.

Porém, em algum momento, sempre vamos nos deparar com algo que ‘falta’ e ‘escapa’, pelo simples fato deste modelo não ter algo verdadeiramente de seu, ou seja, da sua personalidade. Para criar seu próprio estilo é preciso coragem! Isso mesmo! Porque ele certamente não vai se encaixar no padrão estabelecido pela moda. O conjunto é muito maior. É único, é o seu estilo de vida.

 

Artigo publicado originalmente na Revista ARRASO | Estilo (do Jornal de Piracicaba) * edição n.50 *

 

 

 

 

Participe comentando 💬

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.