Brasil Ride #dia02

A etapa do segundo dia foi uma das mais sofridas até agora. Num total de 147km de distância, com de 3.355m de acensão, os mountain bikers encararam um calor de, aproximadamente, 47°C! Isso mesmo! Estava um calor ‘de matar’ e este foi um dos principais fatores de dificuldade para a maioria dos atletas.

De Mucugê para Rio de Contas, fomos todos nós. Infelizmente, por falhas logísticas, acabei não fazendo o mesmo percurso dos atletas, mas também não deixei de passar por uma aventura.

Vim para a cidade de Rio de Contas com o pessoal de apoio da Trek Bikes e quase nós nos perdemos no caminho. Sem passar pelo ponto de apoio para evitar de passar com o Gol alugado pelos buracos todos. Mas, no final acabamos caindo da mesma maneira numa estrada de terra. Sem sinal de celular e ainda as pessoas locais mal sabiam nos dar informações.

Bom, o que importa é que chegamos ainda a tempo do pessoal montar as tendas e infra-estrutura que restava para a prova. Também deu para acompanhar o desgaste em que eles, pouco a pouco, chegavam.

Era impressionante ver como os atletas conseguiram encarar tanto sofrimento por tanto tempo! Muitos não conseguiram cruzar a linha de chegada antes do tempo de corte e continuavam a chegar até por volta das 22hs. Outros pararam no meio do caminho mesmo.

Em primeiro lugar: Luis Pinto e Matthias Leisling, em segundo a dupla de Tiago Ferreira e Periklis Ilias e, em terceiro os brasileiros Henrique da Silva Avancini e Sherman Trezza de Paiva.

image
E não acaba por aí! Tem muito mais pela frente…

Participe comentando 💬

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s