Warm Up Brasil Ride 2014 🚵

No feriado de junho (19), se deu início mais um festival esportivo da Brasil Ride, que aconteceu em Botucatu e Pardinho (SP). Realizado entre os dias 19 a 22 de junho, o evento foi um verdadeiro sucesso! Foi promovida uma competição válida pelo Circuito Mundial de Ciclismo Amador, maratona de mountain bike e também prova de corrida de montanha, para encerrar. Os atletas ainda contaram com palestras de Rafael Campos, capitão da equipe QuasarLontra, sobre corrida de montanha e de Adriana Nascimento, campeã brasileira de MTB, além das dicas técnicas da Shimano.

A prova Brasil Ride Warm Up é organizada pela Roma Comunicação Sports Marketing e é considerada um “aquecimento” para a Ultramaratona de MTB, que acontece em outubro deste ano. Ricardo Pscheidt e Daniela Genovesi, os campeões do Warm Up MTB Pró, nos contam aqui um pouco sobre a prova e o evento.

 

Ricardo Alexandre Pscheidt 

 ricardo p“Sobre a prova, realmente fiquei surpreso com o resultado, eu vim de duas semanas parado devido a uma queda na última competição e estava com apenas uma semana de pedal, por isso inclusive larguei na prova de ciclismo de quinta-feira, vim para usar as duas competições como treinamento e voltar a pegar ritmo. Creio que hoje foi um dia que contou muito a experiência, sabia que era uma prova longa e muitas coisas acontecem neste tipo de competição até a bandeirada. Nos primeiros 35 km segui com o pelotão, estávamos num ritmo mais tranquilo e, então, optei por em poupar, neste momento. Numa descida técnica fiz um ataque, e então ficamos em seis atletas, seguimos neste grupo até próximo ao fim da prova, algumas horas revezando, algumas horas rolando alguns ataques, eu sempre fiquei mais na defensiva e controlando. Pelo km 70 em uma subida de serra, o atleta Edson Conrad fez um ataque e abriu do restando do grupo, eu senti que ali era um momento decisivo da prova, apertei o pé e consegui chegar no alto destacado do resto do grupo também. Nessa altura começou um longo downhill técnico, foi onde consegui descer muito bem e no fim encostei no líder, seguimos por mais algum tempo juntos e faltando cerca de 20km eu comecei abrir vantagem, aos poucos, me beneficiando das partes técnicas. No fim, coloquei um passo forte e vim controlando a diferença, conseguindo assim, uma bela vitória para a minha equipe Trek Bikes Brasil.’’

“Quanto ao evento, foi a primeira vez que eu vim, achei muito bem organizado e o pessoal acertou em escolher a região de Botucatu, se a ideia era simular uma etapa do Brasil Ride, acertaram em cheio. Foi uma prova de longa distância, subidas duras, descidas técnicas em pedras, enfim, uma grande corrida como aperitivo para a prova de outubro. Tivemos muitos atletas inscritos e foi muito legal chegar na cidade ao fim da prova e ver a população acompanhando e aplaudindo.”

Ele ainda complementa “Agora me preparo para a disputa da Taça Brasil de XCO em Rio das Ostras – RJ e em seguida para o Campeonato Brasileiro de XCO em São Paulo Capital.”. Boa sorte Pscheidt! Estamos torcendo por você!

Sobre o atleta

Pscheidt é da equipe Trek Bikes Brasil, natural de São Bento do Sul – SC, nascido em 07/09/1980. Compete nas modalidades: XCO (Mountain Bike Olímpico), XCM (Mountain Bike Marathon) e Ciclismo de Estrada. Seus principais títulos são: Tri-campeão Brasileiro de XCO, atual Campeão Brasileiro de XCM, Campeão da Copa Internacional, Campeão InterEstadual, Tetra-campeão da Volta a SC em MTB, Medalha de Bronze nos Jogos Sul-Americanos, Atleta da Seleção Brasileira de MTB.

 

 Daniela Genovesi

 dani g.“A prova de sábado foi bem difícil, mas com percurso lindo e com tudo o que existe no Mountain Bike. Eu errei um pouco meu ritmo e senti o cansaço no final, o que fez com que nos últimos 800m nada ainda estivesse definido. Cheguei junto da segunda colocada. Esse percurso é lindo.”

 

O evento é uma grande festa! O Brasil Ride Warm Up tem tudo para ser uma das melhores provas de maratona do Brasil. O que é o diferencial do Brasil Ride, é que o evento não é somente a competição, mas sim uma grande festa. Um evento para ver os amigos e levar a família. Daí o competir fica muito mais legal. Eu já com 46 anos, 3 filhos, trabalhando muito e ir numa competição assim, tudo se torna bem menos cansativo e bem mais prazeroso (independente do resultado), fazendo com que já pensemos no ano seguinte.”

Sobre a atleta

Dani Genovesi tem 46 anos de idade. É formada em eduacação física e trabalha dando aulas e treinamentos físicos. Fez diversos esportes, iniciou no ciclismo em 1999 (por volta dos 30 anos de idade). Sua especialidade no ciclismo são as ultramaratonas. Foi Campeã da Race Across America e Campeã Mundial de Ultras. Além das ultras de ciclismo adora o mountain bike também.

 

Se o Warm Up foi assim, imagina só como vai ser o Brasil Ride no segundo semestre? Parabéns aos altetas e muita força! Em outubro tem muito mais!

 

 

**Matéria publicada originalmente na Revista RIDE BIKE | edição n.03**

Participe comentando 💬

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s