Estilo: ‘pra quem tem’ ou ‘pra quem quer’?

Beatriz Frias

‘Estilo é pra quem tem, não pra quem quer!’ Certo? Nem tanto… Hoje vou falar de algo muito mais complexo do que a moda e a maneira de se vestir, que é o ESTILO DE VIDA! E este aqui é pra quem quer, sim! Para quem tem coragem de criar seu próprio estilo de viver, a partir das coisas que realmente te façam bem e se responsabilizar por isso. Para quem consegue priorizar o que é mais importante e também saber dizer não. Mas… como?

Os adeptos ao estilo de vida saudável, por exemplo, vêm aumentando cada vez mais e, com isso, também muitas imposições e restrições de que ora ‘você tem que’ fazer isto, ora aquilo. A mídia acaba nos conduzindo para o dito ‘saudável’, o que, muitas vezes, nós acabamos fazendo. Ou não! Pois é um mundo tão cheio de ‘certos’ e ‘errados’ que, se você for seguir tudo, vai acabar ficando louco (a).

Informações hoje em dia é o que não faltam. Milhares de conteúdos publicados, profissionais com diferentes pontos de vista, teses e teorias que vão e voltam. Grupos alimentares importantes sendo proibidos e outros ditos ‘milagrosos’ que vão surgindo e sendo incorporados aos cardápios.

Longe de ser contra todas as descobertas, sou, primeiramente, a favor da simplicidade. Isto mesmo. Acredito que nós, como seres pensantes, temos o discernimento – dentro de todas estas opções presentes – de fazermos nossas escolhas. Porém, na maioria das vezes, complicamos muito, quando podemos ser mais ‘saudáveis’ de uma maneira muito mais simples e acessível.

E para quê ser saudável? O que acontece é que ninguém precisa ter necessariamente este ‘estilo de vida saudável’, o qual acabou virando ‘modinha’. Você pode criar o seu próprio estilo de vida, visando uma vida mais qualificada, ao invés desta ‘qualidade de vida’ que hoje nos é imposta como uma commodity.

Como disse o psicanalista e médico psiquiatra Jorge Forbes, em entrevista para o canal Minas Saúde: “Qualidade de vida é uma tentativa de dizer um bom para todos, como seria um bem viver para todas as pessoas. Eu diria, junto com o filósofo italiano Giorgio Agamben, que é fundamental substituir o termo ‘qualidade de vida’ por ‘vida qualificada’, no qual o substantivo não é mais ‘qualidade’, e sim a ‘vida’. Ou seja, uma vida qualificada está associada à responsabilidade de inventar uma satisfação pessoal e passá-la ao mundo.”

Sair da tirania do ‘você tem que’ e experimentar a aventura de traçar uma trilha singular. Seja ela no campo, na praia ou na cidade. Correndo, pedalando, lutando, dançando. E como não vivemos somente do corpo, podemos também fazer ótimas escolhas para nossa mente. Seja numa peça de teatro, tocar ou escutar uma boa música, assistir um filme ou ler um livro que te ‘prende’. Viajar…

Por exemplo, quando escolho dormir cedo no final de semana para acordar para pedalar na manhã seguinte, não é nenhum sacrifício, nem porque vou competir, tampouco porque não tenho outra coisa para fazer. Mas porque aqui reside um motivo muito maior. Posso dizer que toda a energia despendida acaba voltando, de uma forma boa e positiva. É uma sensação incrível e pode ainda ser compartilhada com outros colegas que praticam o esporte!

Portanto, deixo aqui mais do que um exemplo a ser seguido. Acredito que ninguém precisa copiar nada nem ser igual a ninguém. Busque inspirações e algo que te motive, busque algo que faça sentido para você e para sua vida. Muito além de ‘comer certo’ e praticar atividades físicas… Qual é o estilo de vida que você deseja construir?

 

Artigo publicado originalmente na Revista ARRASO | Estilo (do Jornal de Piracicaba) * edição n.38 *

Meu artigo novo na Revista ARRASO Estilo 💛🙋📝🔝

A post shared by 🅱️e (@beatrizfrias) on

Participe comentando 💬

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s