Corrida de Aventura e muito mais 🚣

Hoje temos uma entrevista super exclusiva com Mateus Ferraz, o atleta que representou muitíssimo bem nosso país no último Mundial de Corrida de Aventura na Costa Rica. Entre os top 10, o brasileiro vem conquistando cada vez mais o respeito e admiração de todos.

Sobre Mateus Ferraz

  • Piracicabano, 33 anos; 
  • Técnico em turismo e instrutor outdoor;
  • Oriundo da escalada e mountain bike, tornou-se um atleta completo ao se dedicar às corridas de aventura;
  • Forte tanto para provas curtas quanto as expedicionárias;
  • Desde 2007 vem participando de diversas provas, como: Brasil Ride, Brasil Wild Extreme, Corrida de Aventura 7 Cerros Medellín, Nike 600k, entre outras. Em 2011, sagrou-se campeão da Brasil Ride, maior ultramaratona de bike da América Latina.

Corrida de Aventura: curiosidades sobre o esporte

mateus
Brasil Wild Extreme | R. São Francisco | Foto: Alexandre Cappi
  • Um dos esportes mais completos que existe;
  • Extremo e muito prazeroso;
  • Possibilidade de conhecer lugares super diferentes e exóticos;
  • Necessário lidar com imprevistos a todo o momento;
  • É preciso traçar estratégias, tentando fazer sempre a escolha do melhor caminho;
  • Modalidades básicas: mountain bike + corrida + canoagem (podendo ser no oceano, lago, rio, etc.);
  • Exemplos de modalidades extras: carrinho de rolemã, escalada, tirolesa, entre outras. A cada prova, uma novidade.
  • É preciso pelo menos uma pessoa que saiba navegar (não pode utilizar GPS);

– A prova pode ser com ou sem apoio:

  • Com apoio: um carro leva os equipamentos, comida, tênis, mochila, comida para a transição;
  • Sem apoio: caixa padrão de plástico transparente, caixa para bike e outras necessidades;

“ O corredor de aventura tem que ser O MELHOR em tudo e não mediano como muitos dizem…”, afirma Mateus.

1ª prova que participou:

Mundial de Corrida de Aventura | ARWC 2013 Costa Rica

Já imaginou competir numa prova com os melhores atletas do mundo, um total de 60 equipes de 27 diferentes países, sabendo que o desafio seria de mais de 800km de prova, divididos entre as modalidades: trekking, canoagem, rafting, mountain bike e com um tempo limite de 9 dias? Pois é! Foi tudo isso e mais um pouco que Mateus enfrentou neste último mundial de corrida de aventura na Costa Rica (Dezembro, 2013).

Muito bem recebidos no país, os atletas participaram de uma cerimônia de abertura das equipes com jantar. No dia seguinte, houve uma ação voluntária, em que eles ajudaram em um projeto sócio-ambiental do local. E ainda, para finalizar, foram surpreendidos com uma “benção” para a prova, dada pela tribo indígena através de uma dança, um ritual.

Desafio dos grandes e, para complicar um pouco mais, sem “assistência” nas transições fazendo com que cada um tivesse de montar e desmontar sua bike e fazer o mesmo com as embarcações durante os trechos de canoagem.

Isto tudo sem contar que as equipes receberam os mapas ao longo do percurso, fazendo com que as decisões estratégicas tivessem de ser tomadas durante a prova (diferente de quando são dadas todas as informações antes de começar a corrida e as equipes conseguem estudar previamente os melhores caminhos).

Foi dada a largada! Na fronteira da Costa Rica/Panamá, foi iniciada uma das mais temidas provas de corrida de aventura. Os atletas passaram no ponto mais alto da Costa Rica (3.820m) pelo Oceano Pacífico, por lugares maravilhosos e regiões inóspitas. Durante o trajeto, aconteceu de tudo e, naqueles momentos, era preciso saber lidar com o imprevisto, com o inesperado e pensar rapidamente em uma solução.

Desde bolhas nos pés e nas mãos (por ficar muito tempo molhados) até problemas com a bike, com o tênis, entre outras coisas. Era um “perrengue” infinito. Abandonar? Jamais! Nesta hora, a paixão falava mais alto. Aquilo que vem de dentro. O esforço do corpo não faz mais sentido. Nem mesmo mais sua mente. Neste momento é você e sua alma.

E, apesar de todos os obstáculos, a Quasar Lontra (Mateus Ferraz, Rafael Campos, Tessa Roorda e Xiquito) conseguiu chegar entre os top 10! Em 7º colocado, o Piracicabano e sua equipe representaram muitíssimo bem nosso país que, até então, nunca tinha sido tão respeitado nesta modalidade.

Corrida de Aventura x Mundo Empresarial

Parece estranho, mas é isso mesmo! A corrida de aventura pode ensinar (e muito) no dia-a-dia do ambiente empresarial e sua procura  vem crescendo cada vez mais no Brasil e no mundo. Até mesmo empresas estão buscando treinamentos internos com esta modalidade, pois ajuda a desenvolver habilidades extremamente importantes dentro das organizações, como: a liderança, a tomada de decisões, a se relacionar nos mais difíceis e a aceitar que errar faz parte do jogo.

Para finalizar…

Gostaria de deixar aqui o meu sincero agradecimento pela oportunidade de conhecer melhor sobre este incrível esporte e estilo de vida. O atleta piracicabano ainda afirma que quer conquistar muito mais! “Nada é impossível quando acreditamos realmente no que queremos”, complementa. É isso aí! Estamos juntos na torcida!

 

6 comentários em “Corrida de Aventura e muito mais 🚣

  1. Beatriz,
    que belísssima edição!
    Matéria que capta o leitor. Com fotos e vídeos que dão uma idéia viva do que buscas transmitir.
    Um brinde ao esporte e ao Mateus, esse super atleta, Piracicabano que com seu talento leva o nosso país ao topo do mundo!
    Parabéns!

Participe comentando 💬

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s